Tratamentos para a queda de cabelo

Queda de cabelo - antes e depois
Queda de cabelo nas têmporas
antes e depois do tratamento

A ciência identifica oito grandes fatores que causam ou influenciam a queda do cabelo (alopecia):

Genética: a predisposição genética e hereditária, a par da conversão de testosterona em Dihidrotestosterona (DHT) pela enzima 5-alpha reductase, é a causa mais comum da queda de cabelo.

Envelhecimento: com o avançar da idade os folículos capilares vão-se deteriorando, e vamos perdendo cabelo.

Stress, traumas, estilo de vida: aumentam a produção dos níveis de testosterona, que se converte em DHT, interrompendo o ciclo natural de crescimento do cabelo. Podem também, a par de uma higiene deficiente, comprometer o fornecimento de sangue e oxigénio aos vasos capilares.

Nutrição e dietas: má nutrição, perda de peso demasiado rápida ou o abuso de gorduras animais, deficientes em biotina, ferro, proteínas e zinco podem reduzir a assimilação dos aminoácidos e vitaminas essenciais para o crescimento do cabelo.

Saúde: doenças da tiróide e outras, bem como efeitos secundários de vários medicamentos.

Gravidez e menopausa: alterações hormonais durante a gravidez podem levar a queda temporária de cabelo depois do parto. Mulheres na menopausa também podem perder cabelo devido a alterações hormonais.

Medicação: anticoncepcionais, esteróides, quimioterapia, medicamentos para pressão arterial, diabetes, doenças cardíacas ou até o acne, podem causar queda de cabelo temporária ou permanente. É conveniente saber de antemão os efeitos colaterais dos tratamentos prescritos.

Meio ambiente: a poluição, bem como a exposição ao cloro, metais e minerais, podem levar a desequilíbrios que contribuem para a queda de cabelo. A exposição aos raios UV e radicais livres pode também envelhecer prematuramente as células do couro cabeludo e danificar a haste (fio) capilar.


Tratamento

Perante a angústia da falta de cabelo, muitas pessoas recorrem a ampolas e programas disponíveis em supermercados ou farmácias. Algumas chegam a obter resultados modestos, mas acabam por desistir após certo tempo.

O facto é que nenhum tratamento vendido indiscriminadamente leva em conta a situação específica da pessoa: o seu sexo, idade, condição física, estilo de vida, tendência hereditária, tipo de cabelo, hábitos de higiene, histórico de incidentes ou problemas de saúde, entre outros fatores. Logo, é irrealista esperar que uma ampola contenha uma solução para todos os casos.

Todos os tratamentos da Eurocabe são precedidos de um questionário e de uma análise profunda ao cabelo e ao couro cabeludo, sendo depois personalizados a cada caso individual. O objetivo é atuar nas causas de cada problema específico.

Conforme o problema selecionamos produtos enriquecidos com nutrientes e vitaminas, glicoproteínas e hidratantes, sintéticos e naturais, de argilas a óleos essenciais, que trabalham em sinergia para obter os melhores resultados possíveis.

Cada tónico, extrato ou ingrediente usado nos tratamentos tem propriedades distintas que se complementam, e que por vezes são facilmente identificáveis: por exemplo, os óleos de tomilho e de pinheiro são “quentes” porque possuem uma ação rubefaciente e dão uma sensação de calor; os de menta e de eucalipto são “frios” por serem calmantes e refrescantes.

Principais objetivos dos vários tratamentos:

  • Higienizar e hidratar o couro cabeludo, preparando-o para receber os nutrientes necessários.
  • Desobstruir e aumentar o fluxo de sangue, oxigénio e nutrientes para os folículos capilares.
  • Equilibrar os níveis de gordura e de humidade no cabelo.
  • Fortalecer e proteger o cabelo e o couro cabeludo contra as agressões exteriores.
  • Atuar diretamente na papila, fonte de vida do cabelo, através de óleos e extratos que se complementam.
  • Estimular o fortalecimento e o crescimento do cabelo.
© 2018 Eurocabe - Instituto Europeu para Novos Cabelos - Política de Privacidade
Bright - Web Agency